• Langue

Quais são os 3 principais tipos de revisão de texto?

Quais são os três principais tipos de revisão de texto?

Revisar um texto não é uma tarefa fácil e se você já teve que fazer isso, sabe exatamente do que estou falando. Para realizar essa atividade é necessário prestar muita atenção em vários detalhes, mas apesar de uma revisão minuciosa, sempre deixamos passar algo em branco, não é mesmo?


Por isso, quando chega a hora de entregar o seu TCC, artigo, tese ou até mesmo enviar aquele relatório para a sua empresa, vale sim, muito a pena contratar um serviço adequado para garantir que seu texto não tenha erros ou seja mal interpretado.


Pensando nisso é que iremos esclarecer quais são os principais tipos de revisão que existem no mercado e o que você deve levar em conta na hora de contratar esse tipo de serviço.


Vamos conferir?


Os 3 principais tipos de revisão


A atividade de revisão de textos sempre existiu, mas tem ganhado mais notoriedade nos últimos anos. Um exemplo disso, é o aumento na produção científica no Brasil.


De acordo com uma pesquisa realizada pela equipe de analistas de dados da Clarivate Analytics:

O Brasil é o 13º maior produtor de publicações de pesquisa (papers) em nível mundial e seus resultados de pesquisa crescem anualmente.

Fonte dos dados: InCites – Clarivate Analytics Web of Science (2011-2016)


Mas não para por aí, também houve um aumento na produção de livros e textos independentes graças às plataformas digitais e os e-books que permitem facilidade e acessibilidade na leitura desses materiais.


Pensando nesses fatores é que podemos perceber o quanto a figura do revisor tem crescido e se tornado cada vez mais necessária. Mas quais são exatamente os serviços que este profissional pode realizar?


Revisão gramatical


A revisão gramatical consiste na adequação do texto aos critérios gramaticais, ortográficos e sintáticos da norma culta da língua portuguesa. Por mais que estejamos habituados com a escrita, quando produzimos um texto e tentamos corrigi-lo, acabamos focando apenas em alguns pontos e os outros passam despercebidos.


Isso é muito comum em qualquer tipo de processo de escrita. Quantas vocês você já não revisou um texto que escreveu, mas depois de um tempo, você o releu e notou que ainda possuía erros?


Por isso, a presença de um revisor é tão importante. Ele trás a visão de alguém que não teve contato com o texto anteriormente e, consequentemente, não possui os vícios comuns de leitura, conseguindo identificar o que falta corrigir e melhorar.


Adequação às normas da ABNT


Neste tipo de tratamento, o texto é revisado de forma a garantir que atenda às normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).


Mas o que é a ABNT?

É uma atividade que estabelece, em relação a problemas existentes ou potenciais, prescrições destinadas à utilização comum e repetitiva com vistas à obtenção do grau ótimo de ordem em um dado contexto. Consiste, em particular, na elaboração, difusão e implementação das Normas.

Fonte: http://www.abnt.org.br/normalizacao/o-que-e/o-que-e


Ou seja, é um conjunto de regras que os textos precisam seguir para serem publicados e estarem circulando em determinados meios. Esse tipo de revisão é mais comum em trabalhos acadêmicos e científicos como trabalhos de conclusão de curso, dissertações de mestrado e doutorado, projetos de pesquisa entre outros.


Por mais que pareça simples, organizar um texto nas normas ABNT não tem nada de fácil pois as regras vão desde o tipo e o tamanho de fonte até padrões de como realizar citações e notas de rodapé. Então, para evitar confusões e dores de cabeça, um profissional experiente nesse tipo de serviço deve ser sua escolha ideal.


Revisão textual


Neste tipo de serviço, a revisão é considerada como uma análise crítica, apontando aspectos de construção da estrutura do texto que o torne mais claro e que se adeque aos objetivos e fins necessários.


Mas o que exatamente isso quer dizer?


Vamos usar um exemplo. Um escritor quer disponibilizar um E-book de finanças para iniciantes em todas as plataformas online, mas percebe que aspectos da sua escrita como, por exemplo, a escolha de palavras muito específicas e a organização do seu raciocínio lógico podem não estar sendo claros nem se adequando ao formato de livro digital. Então, caberá ao revisor reestruturar o o seu texto e alterar as palavras para algo menos técnico bem como organizar no formato desejado de E-book.


O mesmo serve para artigos científicos e outros gêneros e formatos de textos. Por isso, na hora de contratar o serviço, é importante saber se o revisor tem conhecimento e experiência na área para que haja maior precisão e entendimento na hora de tratar o texto.


Esses são os três tipos de revisão mais comuns e mais procurados seja para publicar artigos acadêmicos, de divulgação bem como livros e outros tipos de conteúdos.


É importante frisar que nada impede que mais de um desses serviços possa ser solicitado para o mesmo texto, mas vale lembrar que são trabalhos diferentes, cada um com sua complexidade, por isso, são cobrados valores diferentes.


Agora que você já sabe quais são os principais tipos de revisão, já pode contratar os serviços sem medo de ser feliz!


Gostou de nosso post? Então fique atento nas nossas mídias sociais e no nosso blog pois mais dicas vem por aí!

47 visualizações